103. Cupcakes

Ando na vibe cupcake! Aí não teve jeito, comecei a colecionar receitas e caçar a tal forma dos cupcakes. Peguei MUITAS receitas e resolvi começar com um de morango (por que eu quase não gosto de morango). Suamos bastante, algumas coisas deram errado, mas no fim deu certo! E hoje fazemos um monte de cups lá em casa!

103. Cupcakes

Na verdade, o cupcake é um bolinho com cobertura. Nada mais do que isso. Então, você pode usar a receita de bolo que você mais gosta e a receita de cobertura que você mais gosta e tá tudo certo! Para a nossa primeira tentativa, li esses dois posts sobre a “anatomia dos bolinhos” que me ajudaram bastante (post 1 / post 2).

Encontramos uma forma de silicone para seis cupcakes grandes, o que é uma mão na roda, porque eles ficam todos juntinhos e é fácil de tirá-los do silicone. Na internet ela é um pouco cara, mas tenho visto até em hortifrutis da vida agora!

103. Cupcakes

Senta que lá vem história de cupcake:

Os bolinhos

Sinceramente, não me lembro mais qual receita usamos! ACHO que foi a do The Cookie Shop, mas com geleia de morango também, imitando a ideia que eu vi no Annie’s Eats. Receita do Cookie Shop:

  • 1 1/2 xícara de farinha de trigo
  • 1/2 colher de sopa de fermento em pó
  • 1 pitada de sal
  • 100g de manteiga sem sal, em temperatura ambiente
  • 3/4 mais 2 colheres de sopa de açúcar
  • 1 colher de chá de essência de baunilha
  • 2 ovos
  • 3/4 xícara de leite
  • Com a ajuda de uma colher de sopa, encha as forminhas até 2/3 cheias. Numa tigela, peneire a farinha, fermento e sal. Reserve. Na batedeira, bata a manteiga e o açúcar até ficar claro e fofo. Junte a baunilha e os ovos, um de cada vez, batendo bem após cada adição. Em velocidade baixa, junte a farinha em três adições, intercalando com o leite (termine com a farinha) e misture até ficar homogêneo. Não bata demais.

103. Cupcakes

Você pode ter que adaptar as quantidades se perceber que está ficando muito molengo ou muito duro, é só você fazer com que ele fique com a consistência da foto!

Bom, deu para perceber que até colocar a massa nas forminhas, eu tinha me esquecido da geleia! Então, nos que já tinham ido para a forma, eu misturei mais ou menos a geleia por

cima, e no resto misturamos junto da massa antes de ir para a forma. Outros nós deixamos branquinhos e colocamos o morango inteiro como recheio. Ou seja: até agora foram três cups diferentes!:
103. Cupcakes

  1. Branco com um morango no recheio
  2. Com geleia de morango “mal misturada” (ótimo)
  3. Com geleia de morango “bem misturada” (ficou com uma cor estranha, o número 2 ficou melhor!)

Não encha as forminhas completamente, para não transbordar. Leve ao forno pré-aquecido e fique vigiando! Faça o teste do palito para ver como eles estão e tire do forno assim que estiverem bons. Depois de tirar do forno, não espere que eles esfriem para tirar das formas! Senão enche de vapor entre as duas formas e faz com que as de papel se soltem. Depois que elas se soltam, nem reza braba faz voltar para o lugar!

Agora é a hora de fazer a cobertura!

Resolvi usar a receita de Buttercream de Frutas Vermelhas do The Cookie Shop (que pegou da Martha Stewart). Fiz tudo bonitinho, mas não deu certo de jeito nenhum! Ela avisa que pode talhar, e talhou mesmo! Nesse caso, ela disse para continuar batendo. A batedeira só faltou chorar, mas não virou buttercream de jeito nenhum!

103. Cupcakes

E agora? O que a gente faz com essa mistura de manteiga…?

Bolo de chocolate!

Mamãe misturou o que faltava (fermento, chocolate em pó e farinha) e fez um cupcake de chocolate com a cobertura errada!

E ficou tão gostoso, que nem colocamos cobertura em alguns, decorei com açúcar e achocolatado em pó.

Agora sim é hora de fazer a cobertura!

Como o buttercream não deu certo, desisti da parte do butter e aproveitei só o cream. Quer dizer: comecei a receita como mandava:

“Numa tigela que possa ir ao banho-maria, misture (3) claras e (2/3 xícara de) açúcar. Leve ao banho-maria, mexendo sempre, até o açúcar dissolver e a mistura ficar bem quente. Bata as claras na batadeira até ficarem brancas e fofas, como marshmallow, e esfriarem completamente (leva mais de 10 minutos, então, paciência!). Não pode estar nem morninha, senão não dá certo.”

Isso faz marshmallow! Não aqueles durinhos, mas é uma clara mais resistente. Misturamos um pouco de creme de leite só para dar consistência e um pouco da geleia. Colocamos em um saco de açúcar vazio com a ponta cortada e usamos para decorar!

Enfim…

Entre mortos e feridos, salvaram-se todos! Mas ainda temos muito o que aprender com cupcakes! Principalmente com essa cobertura! Depois disso, já fizemos um de chocolate com cobertura de glacê que ficou maravilhoso, mas outro dia eu coloco no blog! Agora as fotos do resultado final:

103. Cupcakes 103. Cupcakes 103. Cupcakes 103. Cupcakes